Subscribe:

Pages

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Ser Mestre



Ser Sacerdote para alguns, é ter histórico, currículo na comunidade Pagã...

Para mim é ser conhecido, ou desconhecido, mas acima de tudo ter um histórico com a Deusa.

Ser Sacerdote para alguns, é adotar uma prática fixa, inabalável, e abandonar suas características humanas, da busca pelo conhecimento, vivência e evolução, pois para alguns, um sacerdote não deve nunca mudar.

Para mim é ser como todos, e como a Deusa nos criou. Buscar o conhecimento, caminhar rumo aos mistérios da Mãe incessantemente, e mais que acreditar que sabe tudo, ter a certeza que é o que mais tem a aprender.

Ser Sacerdote para alguns, é criar as próprias crenças, não adotar práticas de uma mesma tradição ou seguimento religioso, para assim não “copiar”...

Para mim é reconhecer em seu conjunto de crenças um valor inegável e sem igual, adaptá-lo as sua realidade e demonstrar seu conhecimento em suas práticas.

Ser sacerdote para alguns é discordar, desconfiar...

Para mim é saber o que realmente quer dizer “Perfeito Amor, Perfeita Confiança”.

Ser sacerdote para alguns, é não trazer consigo o orgulho da história de vida, família ou da simplicidade do começo de sua caminhada...

Para mim é reconhecer a importância de seus antepassados, e mostrar a cada dia que são nos pequenos atos de nosso dia a dia que se demonstram as grades virtudes da vida...

Ser sacerdote para alguns, é seguir os parâmetros esperados e não contar sua verdadeira história...

Para mim é ter orgulho do que se é, do que se passou e do que está passando, não deixando que isso faça dele alguém supostamente superior.

Ser sacerdote para alguns é ser misterioso, mostrar sua posição com superioridade, por olhar, voz e comportamento...

Para mim é carregar este mistério em seu coração, onde a Deusa com certeza o apreciará muito mais.

Errado eu?! Talvez para alguns...

Mas humilde e sábio para muitos e principalmente para Ela que É e me fez assim!

Em amor e confiança, que sejamos todos abençoados;

Dyan Magnus Morgann

4 comentários:

Dagda Onnyc Agamotto disse...

Gostei muito do texto se muito sacerdote pensasse como vc a bruxaria seria olgo mas lindo. otimo trabalho.

Magnus disse...

Realmente amigo, sabe , a Bruxaria é algo lindo- claro que sou suspeito em falar- mas nossa religião é realmente fascinante, verdadeira, sábia e justa. Mas como em todas as outras há pessoas que não são tanto assim.
Continuemos então nossa caminhada com a Deusa, para a Deusa e pela Deusa, plantando flores por todas as estradas que formos seguir, pois a Deusa se apresenta em todas elas na diversidade...
Bênçãos plenas de muita luz;

Magnus

Witch Crow e Marcelo Lycan disse...

Aqui você já disse tudo: "acima de tudo ter um histórico com a Deusa."
Precisa mais? ;)
O mais importante de um sacerdócio é a sua conexão com a deusa e com o deus.
beijos e tudo de bom a você!
Sarah

Viver é pura magia disse...

Adorei o texto rapaz , além do mais muitos acham que é necessário provar que é bruxo verdadeiro , pois amei muito mais a frase que você escreveu "acima de tudo ter um histórico com a Deusa." , pois ela quem sabe se somos ou não verdadeiros bruxos ou bruxas , infelizmente muitos de nós medem a Magia através dos anos de iniciação , dos seguidores que tem , dos livros que escreveu , mas esquecem que é a Fé e a Essência que nos faz quem somos !!!
Muito obrigado pelas palavras deste texto !!! Obrigado por mais um ensinamento que entrou em minha Vida !

Postar um comentário

"sem prejudicar a ninguém, faça o qe você deseja"

Que a estrada se abra a sua frente,
Que o sol brilhe morno sobre sua cabeça;
Que a chuva caia de mansinho sobre seu corpo;
Que o vento sopre leve em sua face;
E até que nos encontremos novamente;
Que os Deuses te guardem na palma de suas mãos.

(adaptação de uma prece celta)

Sinceras bênçãos sobre você e os que te rodeiam;


MAGNUS